Diário do Jovem Cristão para a Quarta-Feira

Arte Corporal (Tatuagem e Piercing) – Parte 2

“Filhos sois do Senhor vosso Deus; não vos cortareis a vós mesmos, nem abrireis calva entre vossos olhos por causa de algum morto… não aprenderás a fazer conforme as abominações daqueles povos.” (Deuteronômio 14:1, 18:9). Obviamente Deus se importa com o que seu povo faz com seus corpos.

“Porque a rebelião [rebeldia] é como o pecado de adivinhação, e a obstinação é como a iniquidade de idolatria” (1 Samuel 15:23). As pessoas geralmente dizem: “Isto não tem importância”, ou “Isto não significa nada”. Mas tudo no universo importa — tudo tem significância e significado. Proeminentes praticantes do piercing e da tatuagem têm comumente e casualmente admitido que reconhecem tais coisas como associadas à rebeldia.

“E eles clamavam em altas vozes e, conforme o seu costume, se retalhavam com facas e com lancetas” (1 Reis 18:28). Esse comportamento é uma expressão de desespero por atenção. Se queremos atenção há melhores maneiras, como crentes, de consegui-la.

“Todos os caminhos do homem são limpos aos seus olhos; mas o Senhor pesa os espíritos.” (Provérbios 16:2). Pergunte-se a si mesmo? Por que faço isso? Meus motivos são piedosos? Eu realmente desejo agradar a Deus?

(Mais amanhã.)

Compartilhe...