Diário do Cristão para o Sábado

O Filho Pródigo

“E disse: Um certo homem tinha dois filhos; e o mais moço deles disse ao pai: Pai, dá-me a parte dos bens que me pertence. E ele repartiu por eles a fazenda. E, poucos dias depois, o filho mais novo, ajuntando tudo, partiu para uma terra longínqua, e ali desperdiçou os seus bens, vivendo dissolutamente” (Lucas 15:11-13).

Essa bem conhecida história bíblica tem um começo triste e um final feliz. Contada pelo próprio Senhor, fala de um jovem que escolheu seguir seu próprio caminho e uma vida de pecado e vontade própria. Isto o levou a uma terrível condição de degradação, solidão e ruína, longe de seu pai que o amava e esperava por seu retorno. Eventualmente, ele percebe que tinha pecado e um dia levanta-se de sua deplorável condição em um chiqueiro, retornando ao seu pai. Com a confissão, “Pequei” (Lucas 15:21), ele encontrou perdão completo e gratuito, e um lugar de comunhão com o pai em sua mesa.

Você se vê como esse filho pródigo? Talvez você diga: “Mas eu nunca fiz essas coisas ímpias e rebeldes que ele fez”. Não, mas lembre-se: todos somos pecadores, e todos temos de nos arrepender. Se o fizermos, encontraremos Deus, o Pai, pronto e disposto a nos perdoar e nos receber em Cristo.

Jim Hyland

Compartilhe...