Diário do Cristão para a Quarta-Feira

Sua Graça — Parte 2

“E todos nós recebemos também da sua plenitude, e graça por graça” (João 1:16)

Tiago e João são um bom exemplo do que vimos na meditação de ontem. O Senhor os chamou de “Boanerges, que significa: Filhos do trovão” (Marcos 3:17). Disso, e do fato de que eles se uniram ao pedir que o Senhor descesse fogo para que consumisse a vila dos samaritanos, que recusou-lhes o pedido (Lucas 9:54), podemos concluir que eles deviam ser homens rudes, impacientes e barulhentos. A mãe deles também era ambiciosa, ao pedir aos seus filhos os lugares principais no reino, e tal mãe provavelmente teria também filhos ambiciosos (Mateus 20:20). O fato de que eles a acompanharam quando o pedido foi feito parece apontar para isso claramente.

Mas veja como a graça operou. No livro de Atos vemos que Tiago tornou-se um homem disposto a sofrer o martírio por amor a Cristo, sem nenhum traço dos Boanerges. João, pelos seus escritos, é visto como gentil, carinhoso e profundamente afetuoso — tinha se graduado bem no melhor lugar na escola do Senhor, com sua cabeça encostada sobre o peito de seu Mestre. Certamente, os Boanerges tinham sido arrancados dele pela raiz; o leão da natureza tinha dado lugar ao cordeiro da graça.

Compartilhe...