Diário do Cristão para a Quarta-Feira

A Encarnação — Parte 1

“Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu, e o principado está sobre os seus ombros, e se chamará o seu nome: Maravilhoso, Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz” (Isaías 9:6).

Essas maravilhosas declarações e nomes dados por Isaías trazem diante de nós uma bela descrição de nosso Salvador, Jesus Cristo. Seu nascimento foi prefigurado e predito séculos antes. Seu sacrifício tinha sido planejado desde a eternidade passada. O Filho de Deus estava disposto a deixar a presença gloriosa de Deus, o Pai, para assumir um corpo humano.

Deus fez-se homem e habitou entre nós e nós vimos Sua glória. “No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus… E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós, e vimos a sua glória, como a glória do unigênito do Pai, cheio de graça e de verdade” (João 1:1,14).

E se nunca tivesse havido uma encarnação? E se Deus não tivesse se feito homem? Imagine onde estaríamos e que diferença isso faria? Mas, felizmente, Ele veio. Que verdade bendita é essa.

Baseado nos textos de Jim Hyland

Compartilhe...