Conforto das Escrituras para a Sexta-Feira

“Grandes coisas fez o Senhor por nós, pelas quais estamos alegres.” [1]

“Deus, que é riquíssimo em misericórdia, pelo seu muito amor com que nos amou, estando nós ainda mortos em nossas ofensas, nos vivificou juntamente com Cristo (pela graça sois salvos)” [2] e “como escaparemos nós, se não atentarmos para uma tão grande salvação?” [3] Mas, conhecendo-O como Salvador, “temos um grande sumo sacerdote, Jesus, Filho de Deus, que penetrou nos céus” [4], o “grande pastor das ovelhas” [5], que “é maravilhoso em conselho e grande em obra” [6]. “Quão grandes são, Senhor, as tuas obras! Mui profundos são os teus pensamentos.” [7] “Quão preciosos me são, ó Deus, os teus pensamentos! Quão grandes são as somas deles!” [8] “Ó profundidade das riquezas, tanto da sabedoria, como da ciência de Deus! Quão insondáveis são os seus juízos, e quão inescrutáveis os seus caminhos!” [9] “[Ele] faz grandes coisas, que nós não podemos compreender” [10], “Ele faz coisas grandes e inescrutáveis, e maravilhas sem número” [11]. “Oh! quão grande é a tua bondade, que guardaste para os que te temem, a qual operaste para aqueles que em ti confiam na presença dos filhos dos homens!” [12]

Um Salvador e gracioso Deus
É nosso Senhor para todos os Seus,
Provendo e guiando diariamente,
Até em segurança chegarmos ao lar.

[1] Salmo 126:3; [2] Efésios 2:4-5; [3] Hebreus 2:3; [4] Hebreus 4:14; [5] Hebreus 13:20; [6] Isaías 28:29; [7] Salmo 92:5; [8] Salmo 139:17; [9] Romanos 11:33; [10] Jó 37:5; [11] Jó 5:9; 9:10; [12] Salmo 31:19

Compartilhe...