Conforto das Escrituras para a Quinta-Feira

“Regozijo-me no caminho dos teus testemunhos, tanto como em todas as riquezas. Em teus preceitos medito, e observo os teus caminhos. Deleitar-me-ei nos teus estatutos; não me esquecerei da tua palavra” [1]

Quando vamos à Palavra de Deus para obter ajuda e alimento espiritual para nossas almas, não nos esqueçamos de três coisas importantes: Procurar, Estudar e Buscar. “Procurais as Escrituras”, disse nosso Senhor Jesus, “pois nelas pensais ter vida eterna; e são elas que testificam de Mim” [2]. Em outro lugar lemos: “Estude para apresentar-te aprovado por Deus, um obreiro que não precisa se envergonhar, dividindo corretamente a Palavra da verdade” [3], e “Buscai no livro do Senhor, e lede: nenhuma destas criaturas faltará, nenhuma será privada do seu companheiro; porque é a boca dele que o ordenou, e é o seu espírito que os ajuntou” [4]. “Poderás, pela procura, descobrir as coisas profundas de Deus?” [5] Não, a não ser que esteja procurando nas Escrituras, pois nosso Senhor disse: “São elas que testificam de Mim” [2]. Assim, enquanto investigamos as Escrituras, encontramos nosso bendito Senhor revelado nela, e enquanto estudamos, enquanto diligentemente e seriamente buscamos “apresentar-nos aprovados por Deus” [3], aprenderemos a “dividir corretamente a palavra da verdade” [3]. E enquanto “buscamos no livro do Senhor” [4], descobriremos que “bem-aventurados os que guardam os seus testemunhos, que o buscam de todo o coração” [6].

Ele nos revela os Seus tesouros,
Quando O buscamos em Sua Palavra,
Dando alegria e ajuda e bênção,
Mais do que o coração jamais ouviu.

[1] Salmo 119:14‑16 (AA); [2] João 5:39 (KJV); [3] 2 Timóteo 2:15 (KJV); [4] Isaías 34:16 (AA); [5] Jó 11:7 (KJV); [6] Salmo 119:2 (AA)

*AA: Almeida Atualizada; KJV: Tradução livre da versão King James

Compartilhe...