Conforto das Escrituras para a Quinta-Feira

“Exortai-vos (confortai-vos) uns aos outros, e edificai-vos uns aos outros, como também o fazeis.” [1]

Cada verdadeiro cristão tem o potencial, e também a responsabilidade, de “confortar” e “edificar” outros cristãos, tanto pela palavra quanto pela vida. É-nos dito para que “consideremo-nos uns aos outros, para nos estimularmos ao amor e às boas obras” [2], e a “exortai-vos uns aos outros todos os dias, durante o tempo que se chama Hoje, para que nenhum de vós se endureça pelo engano do pecado” [3]. “Nada façais por contenda ou por vanglória, mas por humildade; cada um considere os outros superiores a si mesmo. Não atente cada um para o que é propriamente seu, mas cada qual também para o que é dos outros” [4], “sujeitando-vos uns aos outros no temor de Deus” [5]. “Não saia da vossa boca nenhuma palavra torpe, mas só a que for boa para promover a edificação, para que dê graça aos que a ouvem” [6], “porque vós, irmãos, fostes chamados à liberdade. Não useis então da liberdade para dar ocasião à carne, mas servi-vos uns aos outros pelo amor” [7], “não vos ensoberbecendo a favor de um contra outro” [8]. “E, finalmente, sede todos de um mesmo sentimento, compassivos, amando os irmãos, entranhavelmente misericordiosos e afáveis” [9]. “Ora, o Deus de paciência e consolação vos conceda o mesmo sentimento uns para com os outros, segundo Cristo Jesus” [10].

Como posso ajudar meu irmão querido,
Que curvado está sob sua carga?
Posso falar uma palavra de conforto,
Em vez de uma palavra de ferroada.

[1] 1 Tessalonicenses 5:11; [2] Hebreus 10:24; [3] Hebreus 3:13; [4] Filipenses 2:3‑4; [5] Efésios 5:21; [6] Efésios 4:29; [7] Gálatas 5:13; [8] 1 Coríntios 4:6; [9] 1 Pedro 3:8; [10] Romanos 15:5

Compartilhe...