Conforto das Escrituras para a Quinta-Feira

“A lei do Espírito de vida, em Cristo Jesus, me livrou da lei do pecado e da morte” [1]

“A lei do Espírito”, o princípio pelo qual o Espírito trabalha em nossa vida como cristãos, é o “de vida em Cristo Jesus” [1]. Embora nos seja dito que “se vivemos em Espírito, andemos também em Espírito” [2] e que devemos “andar em Espírito, e não cumprireis a concupiscência da carne” [3], o Espírito Santo não nos capacita a viver para a glória de Deus chamando nossa atenção para Si mesmo. Em vez disso, Ele direciona nossos corações a Outro, o Senhor Jesus Cristo, e nos mantém “olhando para Jesus, autor e consumador da fé” [4]. O propósito de sermos “corroborados com poder pelo seu Espírito no homem interior” é “para que Cristo habite pela fé nos vossos corações; a fim de, estando arraigados e fundados em amor, poderdes perfeitamente compreender, com todos os santos, qual seja a largura, e o comprimento, e a altura, e a profundidade, e conhecer o amor de Cristo, que excede todo o entendimento, para que sejais cheios de toda a plenitude de Deus” [5]. Nosso Senhor disse que o Espírito Santo “me glorificará, porque há de receber do que é meu, e vo-lo há de anunciar” [6]. Se tivermos “a justiça da lei [cumprida] em nós, que não andamos segundo a carne, mas segundo o Espírito” [7], é porque o Espírito está realizando em nós “vida em Cristo Jesus” [1], apontando-nos para “Cristo, que é a nossa vida” [8].

O Espírito nos aponta para o Senhor,
Por cuja graça fomos libertados;
Sua vida interior nos dá poder
Para viver para a eternidade.

[1] Romanos 8:2; [2] Gálatas 5:25; [3] Gálatas 5:16; [4] Hebreus 12:2; [5] Efésios 3:16-19; [6] João 16:14; [7] Romanos 8:4; [8] Colossenses 3:4

Compartilhe...