Conforto das Escrituras para a Quarta-Feira

“À lei e ao testemunho! Se eles não falarem segundo esta palavra, é porque não há luz neles” [1]

Há muitas vozes hoje dizendo possuírem conhecimento das coisas de Deus. Alguns falam das assim chamadas visões, outros dizem ter poder para curar, e outros ainda falam de experiências. Como discerniremos o que é certo e o que é errado? Como podemos obedecer as Escrituras para “examinar tudo… retendo o bem” [2]? Existe um padrão pelo qual podemos medir as coisas espirituais? De fato, existe tal padrão, que é a Palavra de Deus, e “se eles não falarem segundo esta palavra, é porque não há luz neles” [1]. “Amados, não creiais a todo o espírito, mas provai se os espíritos são de Deus, porque já muitos falsos profetas se têm levantado no mundo. Nisto conhecereis o Espírito de Deus: Todo o espírito que confessa que Jesus Cristo veio em carne é de Deus” [3]. Não somente o Espírito Santo confessa “que Jesus Cristo veio em carne” [3], que “Deus se manifestou em carne” [4], Ele também direciona nossos corações e afeições a Cristo e não a Si mesmo, pois nosso Senhor Jesus Cristo disse do Espírito Santo que Ele “não falará de si mesmo… Ele me glorificará, porque há de receber do que é meu, e vo-lo há de anunciar” [5]. Examine todo o ensino que aparece diante de você por meio da “lei” e do “testemunho” (isto é, a Palavra de Deus). Avalie se tal ensino exalta uma experiência, um homem, ou a si mesmo. Se for o caso, lembre-se que deveria exaltar somente a Ele, nosso Senhor e Salvador.

Teste todas as coisas pela Palavra de Deus,
Se elas são falsas ou verdadeiras;
Ele é digno de toda a honra;
A Ele é devido todo nosso louvor.

[1] Isaías 8:20; [2] 1 Tessalonicenses 5:21; [3] 1 João 4:1‑2; [4] 1 Timóteo 3:16; [5] João 16:13‑14

Compartilhe...