Conforto das Escrituras para a Quarta-Feira

“Bem-aventurado o homem cuja força está em Ti… que, passando pelo vale de Baca, faz dele uma fonte; a chuva também enche os tanques. Vão indo de força em força” [1]

O “vale de Baca” significa “vale do pranto” ou “vale das lágrimas”. A maioria das pessoas pensam que as lágrimas são um sinal de fraqueza, não de força. Mas “os meus pensamentos não são os vossos pensamentos, nem os vossos caminhos os meus caminhos, diz o Senhor. Porque assim como os céus são mais altos do que a terra, assim são os meus caminhos mais altos do que os vossos caminhos, e os meus pensamentos mais altos do que os vossos pensamentos” [2]. Assim Deus usa o pranto e as lágrimas nas vidas de Seu povo para fazê-los ir “de força em força”. “Sua ira [de Deus] dura só um momento; no Seu favor está a vida. O choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã” [3], e “ainda que entristeça a alguém, usará de compaixão, segundo a grandeza das suas misericórdias. Porque não aflige nem entristece de bom grado aos filhos dos homens” [4]. Assim como Paulo, ouvimo-Lo dizer a nós pela Sua Palavra que “a Minha graça te basta, porque o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza” [5]. E juntamente com Paulo, que possamos responder: “De boa vontade, pois, me gloriarei nas minhas fraquezas, para que em mim habite o poder de Cristo” [5]. “Bem-aventurado o homem cuja força está em Ti” [1]. Tais vão “de força em força”. E, contemplando na Palavra “a glória do Senhor, somos transformados de glória em glória na mesma imagem” [6].

Deus usa lágrimas em Seu povo
Para purificar-lhes a visão espiritual,
Para que possam contemplar Sua glória
E viver vidas preenchidas com Seu poder.

[1] Salmos 84:5-7; [2] Isaías 55:8-9; [3] Salmos 30:5; [4] Lamentações 3:32-33; [5] 2 Coríntios 12:9; [6] 2 Coríntios 3:18

Compartilhe...