Conforto das Escrituras para a Quarta-Feira

“Quanto à palavra que nos anunciaste em nome do Senhor, não obedeceremos a ti; mas certamente cumpriremos toda a palavra que saiu da nossa boca” [1]

Essas foram as palavras ditas ao profeta Jeremias pelo remanescente judeu deixado na terra de Israel após o rei da Babilônia ter destruído Jerusalém. Eles tinham ido a ele e dito: “Roga ao Senhor teu Deus… para que o Senhor teu Deus nos ensine o caminho por onde havemos de andar e aquilo que havemos de fazer” [2]. Jeremias fielmente deu-lhes as palavras do Senhor, e a resposta deles foi que “não obedeceremos a ti; mas certamente cumpriremos toda a palavra que saiu da nossa boca” [1]. Que coisa perigosa é para o crente ouvir e conhecer a Palavra de Deus e não obedecê-la. O Senhor disse a Ezequiel sobre o povo de seu dia: “Se assentam diante de ti, como meu povo, e ouvem as tuas palavras, mas não as põem por obra; pois lisonjeiam com a sua boca, mas o seu coração segue a sua avareza” [3]. O Senhor deseja que nós, pelo poder de Sua Palavra, “sejamos renovados no espírito da nossa mente”[4], “e não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus” [5].

A Palavra de Deus deve ser obedecida
E não apenas levianamente estimada;
Ela dá luz, gozo e alegria
Muito além de nossos melhores sonhos.

[1] Jeremias 44:16-17; [2] Jeremias 42:2-3; [3] Ezequiel 33:31; [4] Efésios 4:23; [5] Romanos 12:2

Compartilhe...