Diário do Cristão para a Terça-Feira

Amor

“Amados, se Deus assim nos amou, também nòs devemos amar uns aos outros” (1 João 4:11).

Robert Cleaver Chapman nasceu em Helsingør, Dinamarca, em 4 de janeiro de 1803. Durante grande parte de sua vida, ele foi conhecido como o “Apóstolo do Amor”. Diz-se dele que ele não só pregou o amor de Deus, mas também o viveu. Ele abriu mão de uma boa posição de prosperidade em Londres, Inglaterra, para viver entre as pessoas pobres e da classe trabalhadora, para que pudesse ministrar melhor o evangelho e a verdade das Escrituras a eles. Ele viajou centenas de quilômetros para levar o amor de Cristo a milhares de almas. Ele é conhecido por dizer: “Meu negócio é amar e não procurar que os outros me amem.” Sua atitude afetuosa e humilde teve um impacto marcante na vida de homens de fé como George Müller, J. Hudson Taylor, John Nelson Darby e Charles Spurgeon. Ele evitou deliberadamente publicidade porque não queria a atenção que por direito pertencia ao Senhor.

Que testemunho! Isso me lembra a exortação do Apóstolo João: “Meus filhinhos, não amemos de palavra, nem de língua, mas por obra e em verdade” (1 João 3:18). Pergunte a si mesmo: “Como posso mostrar o amor de Cristo hoje?”

Jim Hyland

Compartilhe...