Conforto das Escrituras para o Domingo

“Confia no Senhor de todo o teu coração, e não te estribes no teu próprio entendimento. Reconhece-o em todos os teus caminhos, e ele endireitará as tuas veredas” [1]

Quando de todo o coração tomamos refúgio no Senhor, com nossa esperança e confiança nEle, então desviamos o olhar de nossa própria sabedoria, percebendo que não é “do homem que caminha o dirigir os seus passos” [2] e que “a sabedoria deste mundo é loucura diante de Deus” [3]. “Tens visto o homem que é sábio a seus próprios olhos? Pode-se esperar mais do tolo do que dele” [4]. Mas quão diferente quando “confiamos no Senhor” e não dependemos de nosso “próprio entendimento”, pois quando nós “o reconhecemos em todos os nossos caminhos”, quando diligentemente buscamos Sua resposta e Sua instrução, então “ele endireitará nossas veredas” [1], pois Ele prometeu: “Instruir-te-ei, e ensinar-te-ei o caminho que deves seguir; guiar-te-ei com os meus olhos” [5]. “Bom e reto é o Senhor; por isso ensinará o caminho aos pecadores. Guiará os mansos em justiça e aos mansos ensinará o seu caminho” [6]. “Assim diz o Senhor: Não se glorie o sábio na sua sabedoria, nem se glorie o forte na sua força; não se glorie o rico nas suas riquezas, mas o que se gloriar, glorie-se nisto: em me entender e me conhecer, que eu sou o Senhor, que faço beneficência, juízo e justiça na terra” [7].

Nossa sabedoria não é suficiente
Para nem um dia sequer aqui;
Reconhecemos nossa necessidade da graça
Para que possamos Tua direção conhecer.

[1] Provérbios 3:5-6; [2] Jeremias 10:23; [3] 1 Coríntios 3:9; [4] Provérbios 26:12; [5] Salmo 32:8; [6] Salmo 25:8‑9; [7] Jeremias 9:23‑24

Compartilhe...