Diário do Jovem Cristão para o Sábado

A Teia

Lentamente, cuidadosamente, e com grande precisão, a aranha tece sua teia. Até o outro lado do caminho, de galho em galho, no canto da vidraça ou do teto, encima da mobília, etc. De fio em fio, a forte, bonita e mortal armadilha é estrategicamente construída. Logo a insuspeita mosca ou inseto fica presa e se torna irremediavelmente enroscada. A vítima é destruída, e a aranha consegue uma boa refeição.

É assim também com nosso inimigo, Satanás. Ele coloca suas armadilhas com todo cuidado. Bem no meio de nosso caminho, onde certamente seremos tentados a ceder aos seus artifícios. Ele as faz tão atrativas, tão sedutoras, tão encantadoras. No entanto, seu objetivo é sempre o mesmo… MORTE E DESTRUIÇÃO! Ele deseja arrastar o incrédulo para o inferno, e estragar a alegria e testemunho do crente. Satanás não é nosso amigo! “O diabo, vosso adversário, anda em derredor, bramando como leão, buscando a quem possa tragar” (1 Pedro 5:8).

Por outro lado, Jesus deseja nos salvar e então nos preservar dos vícios de nosso inimigo, para Sua glória. Ele disse: “O ladrão não vem senão a roubar, a matar, e a destruir; eu vim para que tenham vida, e a tenham com abundância” (João 10:10).

Compartilhe...