Conforto das Escrituras para a Quinta-Feira

“E nos predestinou para filhos de adoção por Jesus Cristo, para si mesmo, segundo o beneplácito de sua vontade” [1]

Os homens pegaram a doutrina da predestinação e fizeram dela algo totalmente estranho às Escrituras, dizendo que Deus predestinou algumas pessoas para serem salvas e outras para serem perdidas. A predestinação, que significa “marcar o destino de antemão”, nunca na Bíblia é mencionada em conexão com os não salvos. É sempre usada para falar do destino de glória que Deus reservou para aqueles que confiaram em Seu Filho como Salvador. Ele “nos predestinou para filhos de adoção por Jesus Cristo, para si mesmo” [1], isto é, somos predestinados para ocuparmos a posição de filhos, e estamos “esperando a adoção, a saber, a redenção do nosso corpo” [2]. “E sabemos que todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito. Porque os que dantes conheceu também os predestinou para serem conformes à imagem de seu Filho, a fim de que ele seja o primogênito entre muitos irmãos. E aos que predestinou a estes também chamou; e aos que chamou a estes também justificou; e aos que justificou a estes também glorificou” [3]. Em Cristo “fomos feitos herança, havendo sido predestinados, conforme o propósito daquele que faz todas as coisas, segundo o conselho da sua vontade” [4].

Marcados para compartilhar de Sua glória,
Para herdar tudo com nosso Senhor,
Para receber com Ele a posição de filhos,
A nós prometida em Sua Palavra.

[1] Efésios 1:5; [2] Romanos 8:23; [3] Romanos 8:28-30; [4] Efésios 1:11

Compartilhe...