A GRANDE MERETRIZ

A GRANDE MERETRIZ

A “grande prostituta” de Apocalipse 17:1 é também chamada “Mistério, a grande Babilônia, a mãe das prostituições e abominações da Terra” (Ap 17:5). Isto refere-se a algum grande sistema religioso, com o qual os reis da Terra tiveram um relacionamento ilícito, e por meio do qual os mercadores da Terra se enriqueceram. Este sistema é também culpado de derramar o sangue dos santos e o sangue dos mártires de Jesus. Tal sistema é comparado a uma mulher vestida de púrpura e escarlata, e adornada com ouro, e pedras preciosas e pérolas, tendo na mão um cálice de ouro cheio das abominações e da imundícia da sua prostituição.

Acaso seria possível pintar um retrato mais vivo e realista do sistema mundano e idólatra que é a igreja apóstata, cujo centro está em Roma, do que este que é desenhado aqui pela pena do Espírito Santo? Para dar uma certeza ainda maior quanto a quem se refere esta descrição, é acrescentado: “As sete cabeças são sete montes, sobre os quais a mulher está assentada” (v.9). Roma é bem conhecida como a “cidade das sete colinas”.

Mais adiante é revelado que os dez chifres (os dez reinos do futuro império romano) irão guerrear contra a mulher, tornando-a desolada e nua; comerão sua carne e queimá-la-ão com fogo. Os céus, os apóstolos e os profetas são chamados a se regozijar com a queda daquele sistema sedutor e destruidor de almas. (Ap 14:8; 16:19; 17:1-18; 18:1-24; 19:1-3).

Deve ser notado que, embora a Roma Papal seja um dos piores dos anticristos – e um dos que predominaram por um período mais longo – ainda assim ela não é aquilo que as Escrituras chamam de anticristo ou o iníquo. Ela pode ser mais apropriadamente considerada a “anti-igreja”.

(Concise Bible Dictionary)

 

pdf-downloadepub-downloadmobi-download

Author: Acervo Digital Cristão..

Share This Post On