Diário do Jovem Cristão para a Terça-Feira

Ameis Uns aos Outros

“O meu mandamento é este: Que vos ameis uns aos outros, assim como eu vos amei.” (João 15:12)

“Nós sabemos que passamos da morte para a vida, porque amamos os irmãos.” (1 João 3:14)

“Amados, amemo-nos uns aos outros; porque o amor é de Deus; e qualquer que ama é nascido de Deus e conhece a Deus.” (1 João 4:7)

Esses versículos são um teste quanto ao fato de sermos verdadeiros filhos de Deus, e quanto ao fato de estarmos caminhando na alegria do amor de Deus. Se somos verdadeiros, e se realmente estamos vivendo na luz de Seu amor, haverá, praticamente demonstrado em nossas interações com outros filhos de Deus, aquele mesmo amor divino que foi derramado sobre nós.

Repare também que devemos amar com o mesmíssimo amor com o qual o Senhor nos ama. Não há um padrão menor para amarmos nossos irmãos e irmãs em Cristo do que o amor de Deus e o amor do Senhor Jesus por nós.

Leia o Novo Testamento e trace o número de vezes em que somos exortados a amarmos uns aos outros. Só nos escritos de João a exortação aparece várias vezes.

Conforto das Escrituras para a Terça-Feira

Certamente que a bondade e a misericórdia me seguirão todos os dias da minha vida; e habitarei na casa do Senhor por longos dias.

“A bondade e a misericórdia nos seguirão” sempre porque o Próprio Senhor está conosco, e Ele nos diz: “Sejam vossos costumes (conversas) sem avareza, contentando-vos com o que tendes; porque ele disse: Não te deixarei, nem te desampararei”. Muitos de nós somos criaturas de humor variado. Às vezes sentimos que o Senhor está perto; outras vezes sentimos que Ele está longe. Mas nossos sentimentos não têm nada a ver com os fatos da Palavra de Deus. “O Senhor, pois, é aquele que vai adiante de ti; ele será contigo, não te deixará, nem te desamparará; não temas, nem te espantes”. Essas são as palavras dAquele que “chama-se Fiel e Verdadeiro”, pois “Deus, que não pode mentir”, garantiu Sua presença sempre com os Seus. “Eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém”. Certamente há momentos em que estamos mais do que ordinariamente conscientes de Sua presença, mas isso não torna Sua presença permanente mais certa. Isto depende, não de nossa consciência disso, mas sim de Sua própria Palavra.  “Não to mandei eu? Esforça-te, e tem bom ânimo; não temas, nem te espantes; porque o Senhor teu Deus é contigo, por onde quer que andares”. “Não temas, porque eu sou contigo; não te assombres, porque eu sou teu Deus.”

Nosso Senhor nunca deixa os Seus;
Ele permanece perto deles, sempre;
Embora cargas pesem e provas venham,
Ele está conosco todos os dias

Salmos 23:6 ~ Hebreus 13:5 ~ Deuteronômio 31:8 ~ Apocalipse 19:11 ~ Tito 1:2 ~ Mateus 28:20 ~ Josué 1:9 ~ Isaías 41:10

Diário do Jovem Cristão para a Segunda-Feira

Caro Jovem Cristão:

Gostaria de lhe encorajar a ir em frente esta semana com um sentimento do profundo, eterno e imutável amor de Deus. O amor de Deus nos compele a amar a Deus e aos outros. O apóstolo João, que se deleitava em falar de si mesmo como o “discípulo a quem Jesus amava” (João 20:2), também escreveu: “Nós o amamos a ele porque ele nos amou primeiro” (1 João 4:19). Aqui vemos o efeito prático do amor em João, e o mesmo deveria ser verdade para todos os que conhecem o amor de Deus.

Nossos corações tendem a se tornar endurecidos e frios enquanto passamos por um mundo que não tem amor por Deus ou por Seu Filho. É por isso que precisamos da exortação: “Conservai-vos a vós mesmos no amor de Deus” (Judas 1:21). Uma das orações de Paulo pelos crentes em Tessalônica foi: “Ora o Senhor encaminhe os vossos corações no amor de Deus” (2 Tessalonicenses 3:5).

Uma apreciação desse grande amor nos fará andar em obediência à Sua Palavra, e também nos manterá no caminho da fé. “Mas qualquer que guarda a sua palavra, o amor de Deus está nele verdadeiramente aperfeiçoado” (1 João 2:5).

Seu amigo cristão,

Jim Hyland

Luz Diária para o Domingo de Manhã

Irmãos meus, fortalecei-vos no Senhor e na força do seu poder.

A minha graça te basta, porque o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza. De boa vontade, pois, me gloriarei nas minhas fraquezas, para que em mim habite o poder de Cristo. Por isso sinto prazer nas fraquezas, nas injúrias, nas necessidades, nas perseguições, nas angústias por amor de Cristo. Porque quando estou fraco então sou forte. — Sairei na força do Senhor Deus, farei menção da tua justiça, e só dela. — O evangelho de Cristo… é o poder de Deus para salvação.

Posso todas as coisas em Cristo que me fortalece. — E para isto também trabalho, combatendo segundo a sua eficácia, que opera em mim poderosamente. — Temos este tesouro em vasos de barro, para que a excelência do poder seja de Deus, e não de nós.

A alegria do Senhor é a vossa força. — Corroborados em toda a fortaleza, segundo a força da sua glória, em toda a paciência, e longanimidade com gozo.

Efésios 6:10 ~ 2 Coríntios 12:9,10 ~ Salmos 71:16 ~ Romanos 1:16 ~ Filipenses 4:13 ~ Colossenses 1:29 ~ 2 Coríntios 4:7 ~ Neemias 8:10 ~ Colossenses 1:11

Diário do Jovem Cristão para o Domingo

Considerai

“Quando contemplo [considero] os teus céus, obra dos teus dedos, a lua e as estrelas que estabeleceste, que é o homem, para que te lembres dele? e o filho do homem, para que o visites?” (Salmos 8:3,4)

Se custasse um único centavo para viajar mil milhas, uma viagem para a lua custaria apenas $2,38. Mas se você quisesse ir até o sol, a passagem só de ida custaria $930,00. Uma viagem para a estrela mais pŕoxima custaria o exorbitante preço de $260.000.000,00. Mesmo assim, há um lugar livre no próprio coração dAquele que criou esse vasto universo, e esse lugar é baseado no sacrifício de valor inestimável do Senhor Jesus Cristo no Calvário.

Hoje em dia, mais do que apenas considerar a obra de Suas mãos na criação, precisamos parar para considerar a poderosa obra da cruz, e Aquele que cumpriu essa obra. “Considerai [contemplai], pois aquele que suportou tal contradição dos pecadores contra si mesmo, para que não vos canseis, desfalecendo em vossas almas.” (Hebreus 12:3). Somos apenas pontinhos em Sua grande criação. Mesmo assim, Ele veio ao planeta Terra e morreu por nós, porque Ele nos amou, e podia dizer de Si mesmo: “Achando as minhas delícias com os filhos dos homens” (Provérbios 8:31). Que adoração a compreensão disso produzirá em nossas almas!

Conforto das Escrituras para o Domingo

Desde agora, a coroa da justiça me está guardada, a qual o Senhor, justo juiz, me dará naquele dia; e não somente a mim, mas também a todos os que amarem a sua vinda.

Haverá uma recompensa especial no tribunal de Cristo para “todos os que amarem a sua vinda”. É confortante para o coração do Senhor quando Seu povo “ama Sua vinda”. Ele deseja que nós entendamos “qual seja a esperança da sua vocação, e quais as riquezas da glória da sua herança nos santos”. Ele deseja que entendamos o que significará quando aquela Sua oração for respondida: “Desejo que onde eu estou, estejam comigo também aqueles que me tens dado, para verem a minha glória, a qual me deste”. Essa recompensa especial para “todos os que amarem a sua vinda” é chamada de “coroa da justiça”, pois a esperança da vinda do Senhor, mantida no coração, produz justiça na vida do crente. “Amados, agora somos filhos de Deus, e ainda não é manifesto o que havemos de ser. Mas sabemos que, quando ele se manifestar, seremos semelhantes a ele; porque assim como é, o veremos. E todo o que nele tem esta esperança, purifica-se a si mesmo, assim como ele é puro”. “A noite é passada, e o dia é chegado. Rejeitemos, pois, as obras das trevas, e vistamo-nos das armas da luz.”

Como será quando Ele vier,
E olharmos para Sua face resplandescente?
Será que estaremos ansiosamente à espera
Por Ele que nos salvou pela graça?

2 Timóteo 4:8 ~ Efésios 1:18 ~ João 17:24 ~ 1 João 3:2,3 ~ Romanos 13:12

Diário Cristão para o Domingo

Sem dúvida alguma, grande é o mistério da piedade: Deus se manifestou em carne. (1 Timóteo 3:16)

Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito. (João 3:16)

Conhecemos o amor nisto: que ele deu a sua vida por nós. (1 João 3:16)

Tal foi Tua graça, que por amor de nós
Tu que do céu desceste;
Conosco na carne e no sangue participou,
E tornou nossa culpa a Tua própria.

Nossos pecados, nossa culpa, em amor divino,
Confessados e suportados por Ti;
O fel, a maldição, a ira recebeste,
Para libertar teus remidos.

Diário do Jovem Cristão para o Sábado

Que Persuasão [Denominação]*?

{* O texto original é em inglês, e nessa língua, “persuasão” é um sinônimo de “denominação religiosa”.}

Um visitante perguntou a um soldado ferido que estava morrendo em um hospital do exército: “De que igreja você é membro?”

“Da igreja de Jesus Cristo”, ele respondeu.

“Eu quero dizer, a que persuasão [denominação] você pertence?”, replicou o visitante.

“Que persuasão?”, perguntou o homem moribundo, enquanto olhava para o céu, seu rosto radiante com o amor de seu Salvador. Ele então continuou: “Estou persuadido de que, nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as potestades, nem o presente, nem o porvir, nem a altura, nem a profundidade, nem alguma outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor.” (Romanos 8:38,39, compare versões Darby, Católica e NVI).

A que persuasão [denominação] você pertence? Não importa qual seja sua afiliação religiosa ou a religião de sua família. Não importa qual seja sua posição social ou seu nível de educação.

O que importa é que você tenha a mesma persuasão do soldado moribundo e do apóstolo Paulo que, em outra ocasião, disse: “Sabendo o temor que se deve ao Senhor, persuadimos os homens à fé” (2 Coríntios 5:11).

Conforto das Escrituras para o Sábado

Cheios dos frutos de justiça, que são por Jesus Cristo, para glória e louvor de Deus.

Está claro pelo nosso texto de hoje que “os frutos de justiça… são por Jesus Cristo”, e por Ele somente. Ele disse: “Eu sou a videira, vós as varas; quem está em mim, e eu nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer”. Deve haver comunhão contínua com Ele, se tivermos “o fruto do Espírito [que] é: amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança”.  E esse deleite no Senhor, que traz frutificação em nossas vidas, vem de nosso deleite em Sua Palavra. “Bem-aventurado o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores. Antes tem o seu prazer na lei do Senhor, e na sua lei medita de dia e de noite. Pois será como a árvore plantada junto a ribeiros de águas, a qual dá o seu fruto no seu tempo; as suas folhas não cairão, e tudo quanto fizer prosperará”. Pois “bendito o homem que confia no Senhor, e cuja esperança é o Senhor. Porque será como a árvore plantada junto às águas, que estende as suas raízes para o ribeiro, e não receia quando vem o calor… nem deixa de dar fruto.”

Eu daria frutos para Sua glória;
Eu andaria com Ele dia a dia;
Eu sempre mostraria Seu louvor,
Àqueles a quem o Senhor coloca em meu caminho.

Filipenses 1:11 ~ João 15:5 ~ Gálatas 5:22 ~ Salmos 1:1-3 ~ Jeremias 17:7,8

Diário Cristão para o Sábado

A minha graça te basta, porque o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza. De boa vontade, pois, me gloriarei nas minhas fraquezas, para que em mim habite o poder de Cristo… Porque quando estou fraco então sou forte. (2 Coríntios 12:9,10)

Eu nada poderia sem Ti!
Pois, ó! Quão longo é o caminho,
E estou sempre cansado,
E o suspiro abafa a canção;

Quão cansada e solitária
Essa vida inconstante seria
Sem essa doce comunhão,
Esse descanso secreto em Ti!