Diário do Cristão para a Quinta-Feira

Salmo 23 — Parte 5

“Refrigera (restaura) a minha alma; guia-me pelas veredas da justiça, por amor do seu nome” (Salmos 23:3).

Muitas vezes em nossa vida cristã, há fracasso, pecado e embotamento de alma que resultam do contato com coisas aqui neste mundo. No entanto, o nosso Pastor, o Senhor Jesus, em Seu amor e graça, nos restaura e nos conduz de volta para o caminho correto. Quando Davi pecou, ele orou: “Cria em mim, ó Deus, um coração puro, e renova em mim um espírito reto… Torna a dar-me a alegria da tua salvação” (Salmos 51:10-12).

Isso é desenvolvido ainda mais no Novo Testamento pelo apóstolo João. “Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda a injustiça” (1 João 1:9). Quando pecamos, não perdemos nossa salvação, mas perdemos a comunhão e a alegria da salvação. Quando nos achegamos em verdadeiro arrependimento e confessamos nosso pecado e fracasso, então essa comunhão é restaurada. Quando há verdadeira confissão, Ele não apenas nos guarda de continuar nesse pecado, como também nos traz de volta para nos conduzir nos caminhos da justiça novamente. Lembre-se, sempre há restauração pessoal, não importa qual seja o pecado e a falha. Deus é maior que nossas falhas, e Sua graça restauradora é tão grande quanto Sua graça salvadora e preservadora.

Jim Hyland

Compartilhe...