VOCÊ ESTÁ TRANQUILO(A)?

Começando às 1:10 da madrugada do dia 2 de maio de 2011, o corpo de Osama Bin Laden foi lavado, enrolado em algodão e então descido do convés do U.S.S. Carl Vinson por um elevador até o nível do mar. Às 2:00 seu corpo sem vida foi colocado em um saco pesado, sendo mergulhado inclinado sobre uma plataforma no Mar Arábico do Norte. O saco pesado deslizou mar abaixo através das águas salgadas para descansar nas assoreadas areias do fundo do mar.

 

Para muitos isto trouxe uma sensação de justiça, alívio, libertação do medo e uma medida de esperança por um amanhã mais seguro. Poucos encontraram tranquilidade e certeza. Nenhum dos membros das famílias dos quase 3.000 mortos no dia 11 de setembro de 2001 receberam seus amados de volta. Alguns cujos corpos do pai, marido, mãe ou irmão nunca foram encontrados ainda esperam por aquela sensação de “encerramento”.

 

Em nossos silenciosos momentos de reflexão, todos ansiamos por paz, tranquilidade e certeza. Todos nós desejamos ter respostas para questões que queimam nos nossos corações. Não posso dá-las a você. Não posso prometer-lhe os detalhes que você deseja. Mas Deus, em Sua Palavra, a Bíblia, nos dá Suas respostas a todas as questões essenciais agora e uma promessa de cobrir os detalhes mais tarde.

 

Deus simplesmente apresenta a fonte da dor e do sofrimento quando diz: “Como por um homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado a morte, assim também a morte passou a todos os homens por isso que todos pecaram.” (Romanos 5:12). Por mais que eu queira me distanciar de um homem como Osama Bin Laden, devo admitir que compartilho de alguns traços essenciais com ele. O ódio muitas vezes já passou pelo meu coração e pela minha mente. Deus diz que “qualquer que, sem motivo, se encolerizar contra seu irmão, será réu de juízo” (Mateus 5:22). Ele não diz que precisamos falar ou agir com raiva, mas simplesmente estar com raiva de algo que não seja uma ofensa ao caráter santo de Deus. “Cada um de nós dará conta de si mesmo a Deus.” (Romanos 14:12). Isto é suficiente para tirar a “paz de espírito” de qualquer um que seja honesto o suficiente para considerar isto cuidadosamente. Quem poderia encontrar sensação de “tranquilidade” ou “encerramento” quando têm de enfrentar um Deus perfeito e prestar contas por aquele pecado?

 

Qualquer que simplesmente aceite o que Deus diz ser verdade pode experimentar um descanso de espírito cheio de alegria hoje mesmo. Nós não encontraremos tal coisa em nossos corações, vidas, ações, intenções ou determinação de melhorar. Isto nos é oferecido nesta simples afirmação feita por Jesus Cristo: “Vinde a Mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei.” (Mateus 11:28). Ele oferece, pessoalmente, tranquilidade e uma consciência limpa como um presente, e não como uma recompensa por uma reforma, pensamento positivo ou auto-aperfeiçoamento.

 

Sua tranquilidade é dada, não merecida. Ele a dá porque nem eu nem você jamais poderíamos pagar por isso. O Senhor Jesus Cristo tomou o castigo que eu merecia por minha desobediência a Deus. “Levando Ele mesmo em Seu corpo os nossos pecados sobre o madeiro.” (1 Pedro 2:24). Ele oferece vida em abundância, liberdade para a consciência e um lar com Ele próprio. Deus não poderia expor o caso de maneira mais clara que esta: “Na verdade, na verdade vos digo que quem ouve a minha palavra, e crê naquele que me enviou, tem a vida eterna, e não entrará em condenação, mas passou da morte para a vida.” (João 5:24)

 

Então, o que dizer daqueles que rejeitam a tranquilidade de consciência que Deus oferece de graça? Qualquer que não tenha recebido a Cristo como seu Salvador deverá responder por sua própria desobediência perante Deus. Não importará se eles foram enterrados na terra ou no mar, cremados ou mumificados, lamentados ou caluniados. “E deu o mar os mortos que nele havia; e a morte e o inferno deram os mortos que neles havia; e foram julgados cada um segundo as suas obras.” (Apocalipse 20:13). A obra de Cristo na cruz traz descanso e tranquilidade àqueles que vêm a Ele. Outros escolhem ser julgados de acordo com suas obras. Qual destas alternativas você escolherá?

 

Fonte: BIBLE TRUTH PUBLISHERS

Veja Também:

Author: Acervo Digital Cristão

Share This Post On