IMPOSSÍVEL

As fotos mostravam tudo muito claramente! A garotinha estava lutando para escapar enquanto o homem determinado a arrastava para longe. A câmera de vídeo passava despercebida até que saiu o “alerta de criança desaparecida”. Então a busca por pistas de seu desaparecimento logo chegou à pequena câmera, e a fita foi vista – e divulgada amplamente na TV.

 

Os telefones na delegacia começaram a tocar: “Eu conheço aquele homem!”. “Não pode ser meu vizinho. Ele parecia um homem tão bom!”

 

Mas era, de fato, o aparentemente “bom” vizinho; todas as pessoas que ligaram o reconheceram: seu rosto, suas roupas, até mesmo suas tatuagens, e logo o advogado de defesa indicado pelo tribunal tinha uma tarefa impossível de ser cumprida. Não havia como argumentar contra a câmera.

 

Infelizmente, apenas o corpo da criança foi encontrado.

 

Outra câmera estava filmando em uma pequena loja certa noite. O funcionário do período noturno estava sozinho atrás do balcão quando um jovem apareceu pedindo por dinheiro ou drogas. O funcionário recusou. O intruso pulou sobre o balcão, com uma arma na mão, e atirou – um tiro fatal. Não havia testemunhas – pelo menos, não uma testemunha viva – mas a fita de vídeo que estava sendo gravada revelou toda a sequência de eventos claramente. Outra tarefa impossível para um advogado de defesa!

 

Até mesmo os pequenos detalhes do dia a dia não escapam a essa contínua vigilância. Pedágios sem funcionários na estrada induziram muitos motoristas a passar sem pagar, apenas para serem surpreendidos, alguns dias depois, por um aviso de que a placa do carro foi fotografada e que a multa seria tanto!

 

Nós mal percebemos quão frequentemente nossas ações são “capturadas por uma câmera” – quantas pequenas câmeras estão nos filmando por todo o lugar. A tecnologia tornou possível uma enorme rede de vigilância, embora não possa se comparar com o olho de Deus, que tudo vê.

 

Agora isso é algo a se pensar com admiração. Sabemos que Deus é onisciente: Será que sabemos o que isto significa? Ele sabe tudo. Tudo? Sim, realmente tudo. Até mesmo os “desejos e intenções” do fundo do seu coração. “Intenções”? Atos que ficaram apenas no pensamento? Se Deus pode fazê-lo, pecar sem que Ele fique sabendo é uma tarefa impossível.

 

O Filho de Deus, o Senhor Jesus Cristo, disse: “Porque não há nada oculto que não venha a ser revelado, e nada escondido que não venha a ser conhecido e trazido à luz.” (Lucas 8:17). Se até mesmo nossos piores e mais pecaminosos pensamentos são conhecidos por Deus, que chance temos de entrar em Seu santo lar celestial onde nada corrupto ou contaminado pode entrar? Nenhuma, por nossos próprios esforços, ou por nossa própria bondade.

 

Mas Deus, “que é rico em misericórdia”, preparou um caminho. Ele deu Seu Filho, Seu único e amado Filho, para morrer por nossos pecados. Que acontecimento esmagador! A Palavra de Deus, a Bíblia, diz tão claramente: “Cristo morreu por nós, sendo nós ainda pecadores.” (Romanos 5:8). Mais que isso, nos é prometido que “todos os que nele creem receberão o perdão dos pecados” (Atos 10:43).

 

“Bem-aventurados aqueles cujas maldades são perdoadas, e cujos pecados são cobertos.” (Romanos 4:7). Pecados – cobertos e perdoados! E é Deus quem os cobre, o mesmo Deus que tudo vê, que tudo sabe, e que diz: “de seus pecados e de suas prevaricações não me lembrarei mais.” (Hebreus 8:12)

 

E você, já admitiu a Deus que você é um pecador? Já recebeu Seu perdão? Não há outra maneira de ir para o Céu a não ser deste modo!

 

Fonte: BIBLE TRUTH PUBLISHERS

Veja Também:

Author: Acervo Digital Cristão

Share This Post On