O FIM DE UMA JORNADA

O poema abaixo foi encontrado entre as anotações de um homem que viveu somente em busca do sucesso e da fama neste mundo. As palavras falam por si só, pairando como um solene aviso a todos os que colocam este mundo em primeiro lugar, andando na senda da ambição.

 

Por que trabalhar por honra humana, E por que a glória e fama buscar? Existe razão pra ter tanta gana, Na busca de um nome famoso a zelar? Fama! Fama! Ah! O que é a tal fama? Senão uma bolha — uma palavra só, Um canto enganoso que do lixo chama, Ou vil esperança que chega a dar dó; O extremo desejo de um coração, Que foge de tudo que é digno e real; Ao qual se reserva a decepção, Após ser covil do orgulho e do mal.

 

“Ò fama e à fortuna!”, bem alto bradei,
Jornada iniciei rumo à ruína,
Sim, creiam-me, muito aqui me esforcei;
Fiz tudo o que pude pra chegar lá em cima.
“Ò fama, à fama!”; logo descobri
Que é tarde o momento em que ela vem;
Suas teias imundas que prendem-me aqui,
Acaso estarão comigo no Além?
Me esforcei muito no fátuo caminho;
Foi esta a razão do meu triste ser,
Tudo eu busquei no mundo mesquinho,
E UM TÚMULO É TUDO O QUE AGORA HERDEI!.

 

Estas linhas não carecem de comentário e gostaríamos de deixá-las de lado a fim de nos ocuparmos com um trecho tirado dos últimos escritos de alguém que renunciou a uma carreira das mais ambiciosas para levar sua cruz e seguir o Senhor Jesus no caminho da rejeição.

 

Ao final de sofrimentos e tribulações que poucos puderam experimentar, ele foi lançado numa masmorra romana. Quase todos os seus amigos neste mundo o abandonaram; teve que se apresentar diante do cruel tirano Nero para, à sua ordem, ser lançado aos leões ou ter experimentado alguma outra tortura diabólica. Este era um “fim de jornada” que tinha tudo para ser temido.

 

Mas que prêmio ele herdou! Não havia nenhum túmulo em seus pensamentos quando escreveu para seu jovem amigo Timóteo: “Porque eu já estou sendo oferecido por aspersão de sacrifício, e o tempo da minha partida está próximo. Combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a fé. Desde agora, a coroa da justiça me está guardada, a qual o Senhor, justo juiz, me dará naquele dia; e não somente a mim, mas também a todos os que amarem a Sua vinda.” 2 Timóteo 4.6-8.

 

Considere agora o fim destes dois homens e lembre-se de que você não pode servir a dois senhores — deve ser Cristo ou seu ego. “Escolhei hoje a quem sirvais.” Josué 24.15. Deus deseja que você seja sábio. “Ouve o conselho… para que sejas sábio nos teus últimos dias.” Provérbios 19.20. “Eis que ponho diante de vós o caminho da vida e o caminho da morte.” Jeremias 21.8. “Te tenho proposto a vida e a morte, a bênção e a maldição: escolhe pois a vida, para que vivas, tu e a tua semente.” (Deuteronômio 30.19).

 

[ Echoes of Grace Nov/84 ]

pdf-download epub-download mobi-download

Veja Também:

Author: Acervo Digital Cristão

Share This Post On