JESUS NÃO PODERIA PECAR

Heb 2:18 Porque, naquilo que ele mesmo, sendo tentado, padeceu, pode socorrer aos que são tentados.

 

O Senhor Jesus foi tentado de fora para dentro, mas nunca de dentro para fora. A tentação no deserto mostra ele sendo tentado de fora para dentro. Satanás apareceu a ele e tentou atraí-lo com um estímulo externo. Mas o Salvador jamais podia ser tentado a pecar por cobiças ou paixões internas, pois não havia pecado nele e não havia nada para responder ao pecado. Ele sofreu ao ser tentado. Enquanto nós sofremos para resistir a tentação, ele sofreu por ser tentado.

 

Heb 4:15 Porque não temos um sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas; porém um que, como nós, em tudo foi tentado, mas sem pecado.

 

Ninguém pode verdadeiramente sentir o que o outro está sentindo a menos que passe por uma experiência semelhante. Como Homem nosso Senhor compartilhou de nossas experiências e pode assim entender as provas que passamos. (Ele não pode sentir o que sentimos quando praticamos o mal porque nunca passou por isso).

 

Ele foi tentado em todos os aspectos em que somos tentados, porém sem pecado. As escrituras mantém a perfeição impecável do Senhor Jesus com muito cuidado, e nós deveríamos fazer o mesmo. Ele “não conheceu pecado” 2 Co 5:21, “não cometeu pecado” 2 Pe 2:20, “e nele não há pecado” 1 Jo 3:5.

CONTINUE LENDO

Era impossível para Ele pecar, seja como Deus, seja como Homem. Como perfeito Homem Ele não podia fazer coisa alguma de Sua própria vontade; Ele era totalmente obediente ao Pai (João 5:19), e certamente o Pai jamais O levaria a pecar.

 

Argumentar que Sua tentação não teve efeito se Ele não podia pecar é um engano. Um dos objetivos da tentação foi demonstrar cabalmente que Ele não poderia pecar.

 

Se você passar o ouro por um teste, o teste não é menos válido se o ouro for puro. Se existir impurezas o teste irá revelar. Do mesmo modo é um erro argumentar que se Ele não pudesse pecar então não seria perfeitamente humano. O pecado não é um elemento essencial à humanidade; ao contrário, trata-se de um intruso. Nossa humanidade foi deturpada pelo pecado; a humanidade dEle é perfeita.

 

Se Jesus pudesse ter pecado como Homem neste mundo, o que O impediria de pecar como Homem no céu? Ele não deixou sua humanidade para trás quando ascendeu à destra do Pai. Ele foi impecável na terra e é impecável no céu.

 

William MacDonald (“Believer’s Bible Commentary”)

 

pdf-download epub-download mobi-download

Author: .

Share This Post On