Conforto das Escrituras para a Quarta-Feira

Conhecendo o tempo, que já é hora de despertarmos do sono; porque a nossa salvação está agora mais perto de nós do que quando aceitamos a fé.

Todos os que conhecem a Cristo foram salvos da pena do pecado e “tem a vida eterna, e não entrará em condenação, mas passou da morte para a vida”. E o Senhor diz de todos esses que “eu rogo por eles; não rogo pelo mundo, mas por aqueles que me deste, porque são teus”, e assim somos salvos do poder do pecado. E esperamos o tempo da completa salvação, quando seremos salvos da presença do pecado, “e assim estaremos sempre com o Senhor”. Embora possuamos uma completa salvação, não temos uma “salvação completada”. Por isso esperamos, e “nossa salvação está agora mais perto de nós do que quando aceitamos a fé”. Já  “nossa cidade está nos céus, de onde também esperamos o Salvador, o Senhor Jesus Cristo, que transformará o nosso corpo abatido, para ser conforme o seu corpo glorioso, segundo o seu eficaz poder de sujeitar também a si todas as coisas”. “Mas nós mesmos, que temos as primícias do Espírito, também gememos em nós mesmos, esperando a adoção, a saber, a redenção do nosso corpo”. Nós esperamos pela “salvação, já prestes para se revelar no último tempo, em que vós grandemente vos alegrais, ainda que agora importa, sendo necessário, que estejais por um pouco contristados com várias tentações”.

Ele virá para os Seus um dia,
Levando-nos para a glória;
Nós cantaremos Seus louvores para sempre,
A doce história da redenção.

Romanos 13:11 ~ João 5:24 ~ João 17:9 ~ 1 Tessalonicenses 4:17 ~ Filipenses 3:20,21 ~ Romanos 8:23 ~ 1 Pedro 1:5,6

 

 

Conforto das Escrituras para o Domingo

Marta, Marta, estás ansiosa e afadigada [perturbada] com muitas coisas, mas uma só é necessária; e Maria escolheu a boa parte, a qual não lhe será tirada.

Muitos de nós somos como Marta, “preocupada com muito serviço”, e “ansiosa e afadigada [perturbada] com muitas coisas”, tanto que esquecemos ou pelo menos negligenciamos a “uma [coisa] só [que] é necessária”. Há aquelas “coisas necessárias” que estão conectadas com nossa vida e bem-estar aqui na terra e que devem reivindicar nossa atenção. Mesmo com elas devemos tomar cuidado para não nos enredarmos com “os cuidados deste mundo, e os enganos das riquezas e as ambições de outras coisas, entrando, sufocam a palavra, e fica infrutífera”, lembrando que “a vida de qualquer não consiste na abundância do que possui”, pois quando “te pedirão a tua alma; e o que tens preparado, para quem será?” Mas ” a boa parte”, aquela “uma só [que] é necessária”, escolhida por Maria, “não lhe será tirada”. Ela “assentou-se aos pés de Jesus, e ouvia a sua palavra”, e “a palavra do Senhor permanece para sempre”. Não deixe, querido cristão, as “coisas” sufocarem a Palavra de Deus na sua vida. “Mas tu, ó homem de Deus, foge destas coisas, e segue a justiça”, e “buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas”, e todas essas coisas providas por Deus “são boas e proveitosas aos homens.”

As “coisas” destacam-se no horizonte
E ocupam nosso tempo e força
Mas as “coisas” passarão um dia;
E apenas uma permanecerá para sempre.

Lucas 10:41,42 ~ Lucas 10:40 ~ Atos 15:28 ~ Marcos 4:19 ~ Lucas 12:15 ~ Lucas 12:20 ~ Lucas 10:39 ~ 1 Pedro 1:25 ~ 1 Timóteo 6:11 ~ Mateus 6:33 ~ Tito 3:8

Diário do Jovem Cristão para o Sábado

Barba Negra

“No inferno, ergueu os olhos, estando em tormentos” (Lucas 16:23)

Edward Teach foi conhecido como o Barba Negra. Ele foi o pirata mais conhecido da história das Bahamas e causou terror nestas e em outras ilhas ao redor por vários anos. Ele não se importava com ninguém além de si mesmo, e com espadas e pistolas penduradas em torno de si, as quais ele não hesitava em usar, ele parecia um arsenal ambulante. Sua longa barba negra era retorcida com fitas e passava sobre suas orelhas. Ele não foi uma lenda, mas sim um homem real que morreu em uma violenta batalha naval em 1718.

Um dia ele disse para alguns de seus homens: “Façamos um inferno só nosso e vejamos quanto tempo aguentamos”.  Eles desceram, fecharam as escotilhas e atearam fogo em vários potes de enxofre. Um a um, chegando perto do sufocamento, escaparam para o convés superior. Barba Negra foi quem aguentou por mais tempo e ficou satisfeito por ser o melhor, o mais apto a viver no inferno, do que os outros.

Dificilmente podemos imaginar tal coisa, ainda que há muitos que estão correndo em direção ao “lago de fogo” sem pensar em sua realidade. O inferno não é algo para se brincar ou fazer piadas! É um lugar real, e aqueles que rejeitam o Salvador dos pecadores acabarão lá. Não apenas por um tempo, mas por toda a eternidade. Onde você estará então?

Conforto das Escrituras para a Sexta-Feira

Àquele que nos amou, e em seu sangue nos lavou dos nossos pecados, e nos fez reis [ou um reino] e sacerdotes para Deus e seu Pai; a ele glória e poder para todo o sempre. Amém.

Todo pecador lavado pelo sangue é um sacerdote, “tendo… ousadia para entrar no santuário, pelo sangue de Jesus”, e é convidado a “chegar, pois, com confiança ao trono da graça, para que possamos alcançar misericórdia e achar graça, a fim de sermos ajudados em tempo oportuno [tempo de necessidade]”. Como crentes e sacerdotes, nós “também, como pedras vivas, somos edificados casa espiritual e sacerdócio santo, para oferecer sacrifícios espirituais agradáveis a Deus por Jesus Cristo”. E o que são esses “sacrifícios espirituais” que devemos “oferecer”? Primeiramente, devemos nos oferecer a nós mesmos, para “apresentar os vossos corpos em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional. E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus”. Então, tendo oferecido a nós mesmos, “ofereçamos sempre por ele a Deus sacrifício de louvor, isto é, o fruto dos lábios que confessam o seu nome. E não vos esqueçais da beneficência e comunicação, porque com tais sacrifícios Deus se agrada”. Isto é para Ele um “cheiro de suavidade e sacrifício agradável e aprazível a Deus”.

Oferecemos a nós mesmos ao nosso Deus,
Como sacrifícios vivos;
Somos transformados, nossas vidas são mudadas;
Nossas vidas agora sentem o gosto do céu.

Apocalipse 1:5,6 ~ Hebreus 10:19 ~ Hebreus 4:16 ~ 1 Pedro 2:5 ~ Romanos 12:1,2 ~ Hebreus 13:15,16 ~ Filipenses 4:18

Luz Diária para a Quinta-Feira de Manhã

Quão grande é a tua bondade, que guardaste para os que te temem.

Desde a antiguidade não se ouviu, nem com ouvidos se percebeu, nem com os olhos se viu um Deus além de ti que trabalha para aquele que nele espera. — Como está escrito: As coisas que o olho não viu, e o ouvido não ouviu,e não subiram ao coração do homem, são as que Deus preparou para os que o amam.
Mas Deus no-las revelou pelo seu Espírito; porque o Espírito penetra todas as coisas, ainda as profundezas de Deus. — As coisas que olhos não viram, nem ouvidos ouviram, nem penetraram o coração do homem, são as que Deus preparou para os que o amam. Porque Deus no-las revelou pelo seu Espírito. — Tu me farás conhecer a vereda da vida; na tua presença há plenitude de alegria; à tua mão direita há delícias perpetuamente.

Quão preciosa é, ó Deus, a tua benignidade! Os filhos dos homens se refugiam à sombra das tuas asas. Eles se fartarão da gordura da tua casa, e os farás beber da corrente das tuas delícias; pois em ti está o manancial da vida; na tua luz vemos a luz.

A piedade para tudo é proveitosa, visto que tem a promessa da vida presente e da que há de vir.

Salmos 31:19 ~ Isaías 64:4 ~ 1 Coríntios 2:9,10 ~ Salmos 16:11 ~ Salmos 36:7-9 ~ 1 Timóteo 4:8

Diário do Jovem Cristão para a Quinta-Feira

Problemas

“Não andeis ansiosos por coisa alguma; antes em tudo sejam os vossos pedidos conhecidos diante de Deus pela oração e súplica com ações de graças” (Filipenses 4:6)

Problemas! A vida parece estar cheia de problemas. Somos chamados a encará-los em cada área de nossa vida — física, financeira, moral, espiritual, pessoal e familiar. Alguns problemas, quando encarados diretamente, são percebidos como bastante pequenos e insignificantes, tendo sido ampliados fora de proporção pelo medo de um tipo ou outro. Mas outros, sem dúvida, são importantes, e só podem ser resolvidos por muita oração e dependência de Deus, nosso Pai. Há ainda outros que são incompreensíveis e inexplicáveis, pelo menos no tempo presente. Esses problemas devem ser entregues inteiramente nas mãos dAquele que sabe tudo o que está acontecendo. Então precisamos aprender a esperar pacientemente na fé por Seu tempo e Sua solução.

O rei Davi teve muitos problemas em cada esfera de sua vida, mas ele pôde escrever: “Descansa no Senhor, e espera [pacientemente] nele; não te indignes…” (Salmos 37:7). Há algum problema em sua vida hoje? O compositor de hinos, Joseph Scriven, nos diz: “Leve isso ao Senhor em oração”.

Conforto das Escrituras para a Quinta-Feira

Amados, peço-vos, como a peregrinos e forasteiros, que vos abstenhais das concupiscências carnais, que combatem contra a alma.

O crente em Cristo precisa sempre se lembrar que estamos na terra como “peregrinos e forasteiros (estranhos)” e que “nossa conversação [ou cidadania] está no céu, donde também aguardamos um Salvador, o Senhor Jesus Cristo”, e “não temos aqui cidade permanente, mas buscamos a vindoura”. Não somos apenas “estranhos (forasteiros)” — pois nosso Senhor disse que “não são do mundo, assim como eu não sou do mundo” — somos também “peregrinos”, pois estamos viajando em direção ao céu e à glória. Quanto precisamos da ajuda do Senhor para nos “abstermos das concupiscências carnais, que combatem contra a alma”. Assim como Davi, precisamos clamar: “Ouve, Senhor, a minha oração… porque sou para contigo como um estranho, um peregrino”. Verdadeiramente “sou peregrino na terra; não escondas de mim os teus mandamentos”. Lembrando-nos de nosso caráter de peregrinos e que “tudo o que há no mundo, a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida, não vem do Pai, mas sim do mundo”, então “não ajunteis para vós tesouros na terra; onde a traça e a ferrugem os consomem, e onde os ladrões minam e roubam; mas ajuntai para vós tesouros no céu, onde nem a traça nem a ferrugem os consumem, e onde os ladrões não minam nem roubam. Porque onde estiver o teu tesouro, aí estará também o teu coração.”

Sou um estranho aqui na terra,
Viajando para o céu tão justo;
Senhor, guarda-me de amar o mundo
Para que eu não caia na armadilha.

1 Pedro 2:11 ~ Filipenses 3:20 ~ Hebreus 13:14 ~ João 17:14 ~ Salmos 39:12 ~ Salmos 119:19 ~ 1 João 2:16 ~ Mateus 6:19-21

Diário Cristão para a Quinta-Feira

Há um caminho que ao homem parece direito, mas o fim dele conduz à morte. (Provérbios 16:25)

Na vereda da justiça está a vida; e no seu caminho não há morte. (Provérbios 12:28)

Ouve tu, filho meu, e sê sábio; e dirige no caminho o teu coração. (Provérbios 23:19)

 

Senhor, fala essas palavras a cada coração,
Por Tua todo-poderosa voz;
Para que possamos agora o pecado deixar,
E fazer de Teu amor nossa escolha.

Se agora aprendermos a buscar Tua face
Por Cristo, o caminho vivo,
Adoraremos a Ti por esta hora de graça,
Por todo o dia eterno.

Luz Diária para a Terça-Feira de Manhã

E porás as duas pedras nas ombreiras do éfode, por pedras de memória para os filhos de Israel; e Arão levará os seus nomes sobre ambos os seus ombros, para memória diante do Senhor.

Jesus…, porque permanece eternamente, tem um sacerdócio perpétuo [imutável]. Portanto, pode também salvar perfeitamente os que por ele se chegam a Deus, vivendo sempre para interceder por eles. — Aquele que é poderoso para vos guardar de tropeçar, e apresentar-vos irrepreensíveis, com alegria, perante a sua glória.

Visto que temos um grande sumo sacerdote, Jesus, Filho de Deus, que penetrou nos céus, retenhamos firmemente a nossa confissão. Porque não temos um sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas; porém, um que, como nós, em tudo foi tentado, mas sem pecado. Cheguemos, pois, com confiança ao trono da graça, para que possamos alcançar misericórdia e achar graça, a fim de sermos ajudados em tempo oportuno.

O amado do Senhor habitará seguro com ele; todo o dia o cobrirá, e morará entre os seus ombros.

Êxodo 28:12 ~ Hebreus 7:22 ~ Hebreus 7:24-25 ~ Judas 1:24 ~ Hebreus 4:14-16 ~ Deuteronômio 33:12

Diário Cristão para a Terça-Feira

O meu Deus enviou o seu anjo, e fechou a boca dos leões, para que não me fizessem dano (Daniel 6:22)

Mas o Senhor assistiu-me e fortaleceu-me, para que por mim fosse cumprida a pregação, e todos os gentios a ouvissem; e fiquei livre da boca do leão. (2 Timóteo 4:17)

Ó, servo do Deus vivo,
Enquanto leões em torno de ti rugirem,
Olhe para cima e confie e louve Seu nome,
E em todos os seus caminhos O adore;
Pois mesmo agora, em perigo terrível,
Ele trabalha para te libertar,
E de um modo que só Ele sabe,
A tua libertação virá.